Arsenicum album

Arsenicum album, Anhidrido arsenioso, Ácido arsênico, Metallum álbum
É um sal de arsênico, o trióxido de arsênico, raramente encontrado na sua forma natural. Inodoro, tem sabor levemente ácido; ao fogo se decompõe produzindo odor aliáceo característico As2 O3
Junto com China officinalis e Mercurius, Arsenicum foi um dos primeiros medicamentos experimentados por Hahnemann, mas o estudo da sua patogenesia foi completada somente em 1833 através da tóxicologia e de observações clínicas. Há 1079 sintomas, dos quais 30 experimentados por Hahnemann. Em 1889 foram agregados 202 sintomas, dos quais 79 foram de observação de envenenamento da família Kaiser.
Sua patogenesia se encontra descrita na Matéria Médica Pura e no Tratado das Doenças Crônicas.

saiba mais

Aconitum napellus

Aconitum napellus, Acônito, Casca de Júpiter, Capuz de Frade.
Pesquisada por Hahnemann, a descrição da sua patogenesia é encontrada na MATÉRIA MÉDICA PURA.
‘‘ O ACONITUM TEM MARCANTE E VIOLENTA AÇÃO CONGESTIVA CAPILAR ARTERIAL AGUDA, QUE SE TRADUZ POR UMA TENSÃO PSÍQUICA E VASCULAR ACOMPANHADA DE AGITAÇÃO FÍSICA, PSÍQUICA COM ANSIEDADE E MEDO DA MORTE”

‘‘ O ACONITUM TEM MARCANTE E VIOLENTA AÇÃO CONGESTIVA CAPILAR ARTERIAL AGUDA, QUE SE TRADUZ POR UMA TENSÃO PSÍQUICA E VASCULAR ACOMPANHADA DE AGITAÇÃO FÍSICA, PSÍQUICA COM ANSIEDADE E MEDO DA MORTE”

saiba mais

Chelidonium majus

Esta planta, também chamada erva-andorinha, é vivaz, herbácea e cresce, em toda Europa e América. Contém até 4% de alcalóides (quelidonina, queleritrina, sanguisorbina, berberina, etc.) ligados ao ácido quelidônico e outras substâncias. Os remédios à base de quelidonia só devem ser usados sob controle médico.
Composição química :- sua raiz é rica em alcalóides
A Sanguinarina ( ação congestiva)/ A Quelidonina, alcalóide com núcleo cilclopentanoperhidrofenantreno como vários alcalóides do Ópium ( depressor do sistema nervoso), todos os esteróides, os ácidos biliares e principalmente o Colesterol, o que nos mostra que a quelidonina age nas moléstias do fígado, em razão de sua analogia química com os componentes da bile. Por pertencer ao grupo dos esteróides atua igualmente sobre os hormônios sexuais, que são derivados dos esteróides, como, a testosterona, o estradiol, a foliculina.

saiba mais

Berberis

Cerca de 450 espécies perenes e arbustos decíduos compõem o gênero Berberis, amplamente distribuído na Eurásia, Américas e África do norte.A casca contém alcalóides, dos quais o mais importante é a berberina que é extensivamente usada no Japão e sudeste da Ásia para controlar diarréia tropical. O alcalóide principal é a Berberina, que em doses ponderais é um simpatocolítico e hipotensivo. Existem quantidades moderadas de Hidrastina, oxicantina, palmitina, berberamina e berberebina.

saiba mais

Sulfúrico Magro – Clínica

Biótipo basicamente sulfúrico, onde as reações de assimilação se fazem de forma irregular por deficiência da bomba Cloro/ Enxofre. Constitui-se morfologicamente em paciente não equilibrado com tendência a desmineralização (tipo Psorinum – predomínio da diátese Psórica astênica) ou Muriaticum ou outros medicamentos que se encaixem nessa constituição) com mudanças gradativas do tropismo cutâneo exonerativo. Tem em geral predomínio da função tireoidiana, como no biótipo fosfórico, podendo ser difícil distinguir as características do biótipo.
Para ter acesso ao arquivo completo – Cadastre-se no Associe

saiba mais

Rhus Toxicodendron

Rhus toxicodendron ou Sumac venenoso, Hera venenosa, Hera trifoliada, Bemberecua (agitação, delírio e alergia). É um Arbusto da família das Terebinthaceas, originária da América do Norte e encontrada em bosques e lugares úmidos da Europa, aonde se aclimatou. Tem Princípio ativo: Ácido Tânico, Ácido Toxicodêndrico, Óleos voláteis e Resinas. A planta contém seiva amarela escura, de odor forte, nauseoso, caústico, produzindo na pele, pequenas vesículas com serosidade, extremamente pruriginosas e ardentes. Na preparação homeopática, a tintura mãe se obtém com as folhas verdes colhidas no mês de maio.A experimentação pura homeopática foi realizada por Hahnemann e sua primeira patogenesia registrada na M.M.Pura.

saiba mais